Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

FILME: 11 DE SETEMBRO DE 1683

11 de setembro de 1683

A história do assédio Turco a Viena e de uma batalha heroica que mudou o destino da Europa e do Mundo.  

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Retiradas todas as novas medalhas do Pontificado

 

 

Sala de Estampa confirma: retiradas todas as novas medalhas do Pontificado. Ao invés de “Jesus” esta escrito “Lesus” (foto)
[Fonte: Matzuzzi – pic.twitter.com/fGP617RvJj]


Falta de familiaridade com o latim ou lapsus freudiano (senão na escrita, na pronúncia)?

Do Site alemão que noticiou o “erro”

Fonte Italiana: Chiesa e post-Concílio

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Curso por uma Filosofia Tomista: ultimo dia para a inscrição.

Comunicado 2 

Comunicado 3 

Comunicado 4

 Comunicado 5

 Comunicado 6

 Comunicado 7

Curso on-line de 60 horas ministrado por

Carlos Nougué

 tomas

“A felicidade última do homem está na contemplação da Verdade.”

Santo Tomás de Aquino

 

[Comunicado 1]

 

Em meados de outubro deste ano, estará disponível em site próprio o Curso on-linePor uma Filosofia Tomista, de 60 horas (o equivalente a um curso de extensão universitária).

 

DADOS GERAIS DO CURSO

 

1) O Curso se dividirá em 30 vídeos-aula de 2 horas cada uma.

2) Todos os vídeos-aula estarão gravados antes do início do Curso, mas só se postarão no site dois por semana, por óbvias razões didáticas. Permanecerão todos nosite até cinco meses depois do início do Curso. (Informar-se-á oportunamente o endereço do site.)

3) Haverá, ademais, ao longo dos mesmos cinco meses, vídeos-aula extras, de duração variada, com a resolução das dúvidas enviadas pelos alunos ao e-mailcursos@carlosnougue.com.br. (É também a este e-mail que se deve escrever para solucionar quaisquer outras dúvidas relativas ao Curso. Neste caso, responderá nosso responsável operacional: Marcel Assunção Barboza.)

4) Os vídeos estarão em nosso site em duas versões: uma de alta resolução; a outra de resolução um pouco inferior, para os alunos cujo computador não suporte a primeira. 

5) Na seção Material de Estudos do site, fornecer-se-ão também textos, outros vídeos e bibliografia. 

6) O Curso fornecerá certificado (particular) ao fim dos cinco meses.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

POR QUE SE CANONIZAR UM PAPA DO QUAL SE CONTRADIZ O MAGISTÉRIO?

Fonte: Fides et Forma

Tradução: Gederson Falcometa

clip_image002

Carta Encíclica

“VERITATIS SPLENDOR”

do Sumo Pontífice
João Paolo II

 

Capitulo 32.

32. Em algumas correntes do pensamento moderno, chegou-se a exaltar a liberdade até ao ponto de se tornar um absoluto, que seria a fonte dos valores. Nesta direção, movem-se as doutrinas que perderam o sentido da transcendência ou as que são explicitamente ateias. Atribuíram-se à consciência individual as prerrogativas de instância suprema do juízo moral, que decide categórica e infalivelmente o bem e o mal. À afirmação do dever de seguir a própria consciência foi indevidamente acrescentada aqueloutra de que o juízo moral é verdadeiro pelo próprio facto de provir da consciência. Deste modo, porém, a imprescindível exigência de verdade desapareceu em prol de um critério de sinceridade, de autenticidade, de «acordo consigo próprio», a ponto de se ter chegado a uma concepção radicalmente subjetivista do juízo moral. Como facilmente se compreende, não é alheia a esta evolução, a crise em torno da verdade. Perdida a ideia de uma verdade universal sobre o bem, cognoscível pela razão humana, mudou também inevitavelmente a concepção da consciência: esta deixa de ser considerada na sua realidade original, ou seja, como um ato da inteligência da pessoa, a quem cabe aplicar o conhecimento universal do bem numa determinada situação e exprimir assim um juízo sobre a conduta justa a eleger, aqui e agora; tende-se a conceder à consciência do indivíduo o privilégio de estabelecer autonomamente os critérios do bem e do mal e agir em consequência. Esta visão identifica-se com uma ética individualista, na qual cada um se vê confrontado com a sua verdade, diferente da verdade dos outros. Levado às últimas consequências, o individualismo desemboca na negação da ideia mesma de natureza humana.

Estas diversas concepções estão na origem das orientações de pensamento que sustentam a antinomia entre lei moral e consciência, entre natureza e liberdade.

Entrevista a Eugenio Scalfari

de Papa Francesco

D. Santidade, existe uma visão única do Bem? E quem define isso?

R. «Qualquer um de nós tem uma visão do Bem e também do Mal. Nós devemos incitá-lo a proceder em direção àquilo que ele pensa ser o Bem».

D. Sua Santidade, já havia escrito na carta que me endereçou. A consciência é autônoma, havia dito, e qualquer um deve obedecer a própria consciência. Penso que aquela seja uma das passagens mais corajosas ditas por um Papa.

R. «E aqui o repito. Qualquer um tem uma idéia de Bem e do Mal e deve escolher seguir o Bem e combater o Mal como ele lhe concebe. Bastaria isto para melhorar o mundo».

Postagens mais visitadas

D. DAVIDE PAGLIARANI: A HERMENÊUTICA DA HERMENÊUTICA - SEGUNDA PARTE: CONSEQUÊNCIAS ÚLTIMAS DA HERMENÊUTICA DA CONTINUIDADE

Don Davide Pagliarani Revista Tradizione Cattolica FSSPX Itália Março de 2010 Tradução: Gederson Falcometa A hermenêutica da continuidade en...