Pesquisar este blog

domingo, 24 de junho de 2018

GIOVANNINO GUARESCHI: SOU UM REACIONÀRIO

 

“Não morro nem se me matarem”. Giovannino Guareschi
Riscossa CristianaPaolo Giulisano[Tradução de Gederson Falcometa]

Giovannino Guareschi foi um homem de fortes paixões, e entre elas certamente se encontrava a política. Um empenho que se desenvolveu sobretudo depois da trágica experiência no campo de concentração nazista. O Guareschi de antes da guerra foi um homem muito diferente, que, como muitíssimos italianos, tinha conseguido viver e trabalhar sem necessariamente esposar as teses do Regime. Depois do retorno a casa em 1945, tudo mudou e Giovannino se lançou com ardor na arena jornalística política. Tinha visto o totalitarismo fascista, nazista e também a longa sombra do Bolchevismo que avançava sobre a Europa. Era mais que suficiente.

Postagens mais visitadas

D. DAVIDE PAGLIARANI: A HERMENÊUTICA DA HERMENÊUTICA - SEGUNDA PARTE: CONSEQUÊNCIAS ÚLTIMAS DA HERMENÊUTICA DA CONTINUIDADE

Don Davide Pagliarani Revista Tradizione Cattolica FSSPX Itália Março de 2010 Tradução: Gederson Falcometa A hermenêutica da continuidade en...