Pesquisar este blog

sábado, 18 de setembro de 2021

D. ANDEREGGEN: UM POUCO DA AMIZADE ENTRE HANS URS VON BALTHASAR E ADRIENNE VON SPEYR

 

Hans Urs von Balthasar e Adrienne von Speyr em Cassina d’Agno
Hans Urs von Balthasar e Adrienne von Speyr em Cassina d’Agno 

Trechos do livro “Hans Urs Von Balthasar figura e opera” de Karl Lehman e Walter Kasper, citado no artigo a “L’infernologia de Hans Urs Von Balthasar”* de Rev. Prof. Don Ignacio Andereggen, tradução de Gederson Falcometa

 

"Um dos episódios mais comoventes dessa amizade remonta à Quaresma de 1944, ela é recordada por Hans Urs von Balthasar nestes termos:" Ela (Adrienne von Speyr) ficou em silêncio e assim permaneceu por um longo tempo, então de repente ela segurou minha mão colocando-o em uma mão invisível. Ela fez isso por duas vezes. Em ambos os casos, ela afirmou ser a mão do Senhor. Logo que ele se recuperou um pouco, ela acrescentou: “Você não pode imaginar como é bonito colocar a mão de alguém na do Senhor. Eu não gostaria de fazer mais nada para a eternidade " [1]. Em seguida, ela transmitiu as mensagens de Santo Inácio de Loyola. Lembramos que Balthasar era jesuíta, portanto discípulo de Santo Inácio de Loyola. Segundo a visão de Adrienne von Speyr, ele deveria deixar a Companhia de Jesus e obedecer a Santo Inácio diretamente por meio de suas "revelações", sem antes obedecer a Santo Inácio por meio dos superiores da Companhia de Jesus [2].

Postagens mais visitadas

D. DAVIDE PAGLIARANI: A HERMENÊUTICA DA HERMENÊUTICA - SEGUNDA PARTE: CONSEQUÊNCIAS ÚLTIMAS DA HERMENÊUTICA DA CONTINUIDADE

Don Davide Pagliarani Revista Tradizione Cattolica FSSPX Itália Março de 2010 Tradução: Gederson Falcometa A hermenêutica da continuidade en...